quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

CHAVEIRO JAPONÊS

Comprado aqui mesmo no Brasil. Mas como infelizmente tudo tem que vim a etiqueta, na cabeça ficou a marca .

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

domingo, 24 de fevereiro de 2013

sábado, 23 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Letra da abertura Kamisama Hajimemashita




Um garota cansada começa o seu dia
onnanoko hajimemashita
Com um suspiro como o som de um violino
tameiki wa bioron no shirabe ni nite
Uma cereja em sua boca
akai mi hajikechatta
Isso foi antes de nos encontrarmos
mada anata wo shiranai
É a primeira vez que me sinto assim
konna koto hajimetette
Eu pude ver que os seus lindos olhos estavam cheios de desprezo
manazashi wa aku no hano sakimidarete mo
Mas eu tinha que ir para casa
ie e to tsuzuku
Até no ponto de ônibus, você me tratou com indiferença
basu sutoppu demo anata wa tsurenai
Os fogos de artifício no céu pulsam
karemeta hanabi myaku utsu
Com uma silhueta de amor
koi no shiruetto
Com uma pequena mágica
karui mahou
Dois lábios
usotsuki na kuchibiru
Se juntam 
sou Kasaneteru
viu
ano ne
Deus...
Nee kamisama
Eu gostaria de ser uma garota má
warui ko ni naritai yo
Estou cansada de ser boazinha
ii ko ni shiteru kara
Então, por favor
onegai dayo
É por um bom motivo
zurui koto sasetoite
Então deixe-me ser malvada só uma vez
ii koto shitai nara
Levanando a minha saia
sukaato hirogaesu shite
Eu voltarei logo
Sugu Kaeru yo
Parece que vai ser um sábado ensolarado
doyoubi wa haresou da
Deus, isso Já começou
Kamisama hajimemashita

A tradução não é minha tirei do jeito que está no anime.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Kamisama Hajimemashita


Momozono Nanami


“Cara, que sonho!Meu pai fugiu, eu fui despejada da minha casa e me perdi. Foi então que um cara me deu essa casa. Quando eu cheguei nela, era um templo. E então eles ficaram me chamando de Divindade da Terra. Eu fiquei tipo, "Quê"? Então um demônio muito rude chamado Tomoe disse que não aceitaria isso. Que Sonho!”

Anime Kamisama Hajimemashita contada por  Momozono Nanami.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Tem hora certa para mudar? Parte II




Sabe aquele filme famoso chamado: O Grito? Ele é a resposta para pergunta: tem hora certa para mudar? Mas não tem problema se você não viu o filme eu vou resumir aqui:




Desde criança a moça que “assusta e mata” as pessoas  no filme , ela engoli demônios e coisas do tipo. Tudo que a mãe dela exorcizava nas pessoas ela engolia, seja demônio, maldições e etc. Quando ela casa o marido não lhe dá a atenção desejada e ainda é o tipo de homem violento. No final das contas um dia ele mata o filho deles e mata ela também e se não estou enganada ele a estrangula.





Na vida também é assim, quando criança somos obrigados a corresponder aquela idéia de nossos pais (tutores), quando crescemos se deixarmos mais uma vez ser controlados seja pela mídia, por um grupo de amigos e mais tarde vem o casamento. No Casamento se nós não somos nós mesmo além de nos matarmos ou deixar ser mortos matamos nossos filhos também. Ainda que eu esteja usando metáforas é assim que funciona.




Se você não muda, você afeta a tudo e a todos. Vai ser uma pessoa de mal com vida e irá descontar isso na sua profissão, em suas amizades e por ai vai. A mudança é necessária e não precisa você está na pior para mudar. Uma pessoa normal tem seu limite para suportar certas coisas e vendo que o rumo da vida vai mudar para um que não lhe agrada a pessoa muda o rumo. No filme por que a moça ataca as pessoas? Por que ela não agüenta ver os outros sendo feliz em algo que ela não foi. Por isso ela começa a assombrar, assustar e no final mata. E quantas pessoas (metaforicamente) que nós conhecemos que não é assim , destruidor/ destruidora de sonhos, vidas?




Mas não confunda mudar com fugir. Mudar é você DEIXAR de beber todo final de semana e com esse dinheiro pagar uma faculdade, crescer no seu trabalho e cuidar melhor da sua família. Fugir é você “comandante”, bater com um navio caro em uma pedra e abandonar o NAVIO AFUNDANDO mesmo cheio de gente. 


Texto de Rani MOL

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Tem hora certa para mudar?






Tem pessoas que passam a vida toda aceitando tudo como a vida lhe dar. Seja bom ou ruim, mas no dia que a pessoa se dá ao valor ela tem que enfrentar um grande abismo entre ela e os outros.Outras pessoas passam a vida toda apenas seguindo a vida por atalhos em outras palavras não passa por tudo que  geralmente uma pessoa comum tem que passar.





Falar individualmente das pessoas é uma tarefa fácil. Difícil é falar de pessoas com algum laço (trabalho, escola, amigo, família e etc) em mudança ao mesmo tempo. Um dia aquele que serve quer ser servido, mas o servido sempre vai achar que deve ser servido eternamente. Por isso é tão difícil manter relações na idade adulta, onde tudo é tão sério e as pessoas querem ter seu lugar.





Quem quer ser sombra de alguém? Quem quer ser só aquele que espera? Quem quer ficar na fila da dor? Existe meio termo? No trabalho seremos as pessoas obedientes, na igreja já existem regras a serem seguidas, assim como na escola. Mas e no resto? E a família, os amigos, os colegas fora da faculdade/ do trabalho? Ser quem você é, ser você mesmo é cansativo. As pessoas são falsas e querem estar no posto de vencedor sempre. Mas aqueles que foram roubados de alguma forma sabem que tem chegar a sua vez de ser o lider de um projeto no trabalho, de ter a voz, de mudar o rumo das coisas, dizer não quando realmente quer dizer não.





Mas ser quem você realmente é, é um processo doloroso, por que afinal mesmo que você esteja certo será ignorado e verá pessoas ignorantes tomando seu lugar por que elas aceitaram se submeter a situações que você não. Você não é um peão em um jogo de xadrez, mas você se sente perdendo a jogada. O errado parece ser o certo e você é o errado.







Tem hora certa para mudar? A hora é aquela que você não pode mais ser sufocado pelos outros e precisa deixar seu EU crescer e ser maior que você mesmo. Segurar o controle do que lhe pertence deveria ser mais fácil, mas não é. Para isso namoro, casamento, amizades, acabam. E dentro de uma família o circulo é mais apertado e com mais espinhos, por isso uma vez tomada a decisão, voltar atrás vai ser mais doloroso. Todo esse processo é doloroso, de ver o egoísmo alheio e suas necessidades sufocadas.









E não estou falando de ego ou coisas do tipo, estou falando apenas que cansa estar em uma fila e ver as pessoas furando a fila e por isso você nunca sai do lugar, metaforicamente falando.







E o maior teste entre a decisão e a sua transformação serão as pessoas que irão lhe fazer sentir a pior pessoa do mundo, mas se você desistir nesse ponto a pessoa nunca perceberá que o quanto você esteve sofrendo para que ela sorrisse. E por tabela você nunca irá sorrir também. Algumas pessoas levam tempo para perceber o que fez outras, jamais admitiram o erro, outras simplesmente se redimiram fácil ou/e também voltaram a cometer o mesmo (ou pior) erro facilmente. Então cabe a você decidir, quem vale mais? Você vale mais ou prefere ser sempre a imagem que não tem reflexo?



Texto de Rani MOL







Obs: Se você achou exagerada minhas colocações, explicarei melhor usando o exemplo da história de um filme bem famoso na postagem seguinte.